Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Slow Living Matters

Viver com ansiedade rouba momentos deliciosos, de prazer e felicidade, por isso há que aprender a viver com ela e viver com calma, no agora, porque a vida nem sempre é um mar de rosas mas não é sempre escuridão.

Slow Living Matters

Viver com ansiedade rouba momentos deliciosos, de prazer e felicidade, por isso há que aprender a viver com ela e viver com calma, no agora, porque a vida nem sempre é um mar de rosas mas não é sempre escuridão.

Outubro 31, 2020

Hoje é o último dia do desafio de meditação que vocês seguiram e puseram em prática.

Gostei tanto e estou tão orgulhosa por ter conseguido não falhar e levar o desafio até ao último dia. 

Agradeço-vos muito por estarem aí e sem saberem, por me darem força para continuar o meu caminho. 

 

Digo-vos que nesta minha luta contra as crises de ansiedade e de pânico, tem sido o humor que me tem ajudado a superar certos momentos de muito estímulo nervoso e portanto, hoje, a meditação é para sorrirmos e emanarmos boas energias ao mundo, pois bem precisa! 

 

Coloca-te na tua posição confortável e fecha os olhos. Toma consciência da tua respiração, do teu corpo, dos teus pensamentos. 

Tem consciência da tua expressão facial. Os teus maxilares estão descontraídos ou tensos? Os músculos da cara? Como está a ser a tua respiração? 

Afasta os ombros e endireita-te. O que se passa na tua vida? Tens muitos obstáculos? Estás a passar uma má fase? Que alegrias podes trazer para ti? Já começaste a tentar? 

Mesmo assim és capaz de sorrir? Também sorris às alegrias que tens? 

 

Faz nascer um sorriso no teu rosto, sem ser forçado. O que é que ele te traz? 

Não é maravilhoso, apesar de tudo, estares viva? 

Independentemente do que prevês à tua frente, as lutas que tens que enfrentar, não deixes de sorrir. 

 

Sorriso.jpg

 

Sorri ♥️

 

Outubro 30, 2020

Hoje o exercício é para fazer antes de adormecermos. 

 

Quando estivermos prestes a adormecer, vamos conduzir o nosso espírito para três momentos agradáveis passados hoje. 

Bastam pequenas coisas como o sol que nos aqueceu, a simpatia de alguém desconhecido, um trabalho bem feito, uma boa refeição, a gargalhada que nos soube tão bem. 

Se o dia foi complicado, este exercício ainda fará melhor o que é pretendido, pois é assim que percebemos que pequenos instantes podem mudar toda uma situação difícil.

 

Recordemos esses momentos, em cada momento fazemos a nossa respiração habitual, associando a sensações agradáveis e sentindo como se estivessem a acontecer novamente. 

 

E não te esqueças de sorrir, serenamente, antes de adormecer.

 

Dormir.jpg

 

Outubro 15, 2020

Senta-te num local onde passa gente (sempre com o devido distanciamento e não se esqueçam da máscara). Entrega-te a esse momento, a tudo o que se passa à volta sem te prenderes a nada.

 

Observa as pessoas, de diferentes idades, aparências que passam à tua frente...

Apercebe-te que inconscientemente podes estar a julgá-las, se são bonitas, simpáticos, ou outra característica mas não precisas de combater isso, deixa que esses pensamentos não se alterem.

Todas essas pessoas, tal como tu, conheceram a tristeza, a infelicidade, desgostos, traições, a morte de pessoas chegadas, a doença, a angústia. Os simpáticos, os arrogantes, os ricos, os pobres. 

Somos todos peças frágeis e mortais e merecemos empatia, carinho, conforto e se todos juntos pensarmos um bocadinho assim, estamos a tornar felizes uma grande quantidade de seres humanos. 

 

Faz a tua respiração habitual e agracede as tuas lutas que te levaram a seres mais forte e às tuas alegrias que te esbocaram um grande sorriso no rosto. 

 

Sorris0.jpg

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D